Atenção

Fechar

Área restrita

Esqueci minha senha

PROFISSIONAIS

NOTÍCIAS

02/09/2021

Belmiro Cavalcanti do Egito Vasconcelos recebe Voto de Aplauso do plenário da Câmara dos Deputados de Pernambuco

Demais integrantes do corpo clínico da equipe buco-maxilo-facial do Hospital da Restauração, em Recife/PE, também receberam a honraria de forma unânime pelos parlamentares

O deputado estadual Diogo Moraes do PSB, que é vice-líder do Governo de Pernambuco na Assembleia Legislativa, requereu à Mesa plenária da Alepe um Voto de Aplauso ao Dr. Belmiro Cavalcanti do Egito Vasconcelos e demais corpo clínico da equipe de buco-maxilo do Hospital da Restauração. A homenagem, aprovada por unanimidade, foi concedida pelos serviços prestados à população durante a pandemia da Covid-19.

Segundo o ofício, uma das unidades de saúde referência em cirurgia buco-maxilo-facial é o Hospital da Restauração. “Apesar de serem pouco lembrados, os cirurgiões buco-maxilo-faciais estão entre os profissionais mais expostos nesta pandemia. Eles são responsáveis por tratar doenças ou lesões da cavidade bucal, rosto, maxilar e região da face. Ou seja, partes do corpo que estão diretamente ligadas à transmissão do coronavírus”, ressalta o texto.

A nota ainda destaca que “com o avanço da crise sanitária, em alguns momentos as cirurgias eletivas foram suspensas, no entanto os procedimentos de emergência desta especialidade nunca deixaram de serem feitos. Foi diante de um cenário desconhecido e, para muitos, até mesmo assustador que estes especialistas tiveram que se reinventar e buscar novos meios para continuarem atendendo seus pacientes”.

Segundo Dr. Belmiro Vasconcelos, há uma grande atenção no histórico e na sintomatologia do paciente. "Passamos a monitorá-los mais de perto, fazer um exame clínico mais apurado, avaliando tudo que ele sente ou deixa de sentir, seja na emergência, na enfermaria, internado ou em casa. Em alguns casos até demos nossos números de celular para que pudéssemos falar diretamente com o paciente após a alta hospitalar", afirmou Vasconcelos.

De acordo com o chefe do serviço, Dr. Carlos Lago, entre março de 2020, quando foram confirmados os primeiros casos de Covid-19 no Estado, e fevereiro de 2021 foram realizadas 822 cirurgias da especialidade.



Últimas notícias


Ver todas as notícias

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.