Atenção

Fechar

Área restrita

Esqueci minha senha

PROFISSIONAIS

NOTÍCIAS

21/06/2021

Nota sobre reportagem apresentada pelo Fantástico no dia 20/06/2021

Frente à reportagem apresentada pelo Fantástico, na rede Globo, no dia 20 de junho de 2021, relativo a complicações da Harmonização Orofacial por cirurgiões dentistas e considerando as manifestações dos entrevistados, o Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial esclarece que:


• O cirurgião Buco Maxilo Facial, tem treinamento adequado para realizar todo o escopo da sua especialidade;


• A atuação na área de Harmonização Orofacial exige formação básica e treinamento cirúrgico específico.


• Portanto, somos contrários à liberação indiscriminada da atuação pelo cirurgião dentista naquela área.


• Dentre as especialidades odontológicas, somente a Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, com treinamento por meio de curso de residência, tem a formação necessária para atuar na área em questão.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Diretoria do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais (CBCTBMF), ao tomar conhecimento dos recentes casos de procedimentos cirúrgicos estético-funcionais da face realizados por profissionais que não apresentam reconhecida qualificação acadêmica e experiência cirúrgica necessária para a sua realização, bem como falta de expertise no eventual tratamento de possíveis intercorrências ou complicações, vem publicamente demonstrar por intermédio dessa nota à sociedade o nosso sentimento de indignação.

Os Cirurgiões Buco-Maxilo-Faciais apresentam formação consistente e treinamento necessários para a execução de procedimentos cirúrgicos estético-funcionais da face obtida por meio de diversos anos de formação. Contudo, profissionais que não apresentam essa formação especifica, independente da área de atuação, e que mesmo assim executam esses procedimentos cirúrgicos em face, podem expor seus pacientes a riscos tanto no intra-operatório quanto no pós-operatório.
O CBCTBMF reprova a realização de procedimentos cirúrgicos estético-funcionais em face por profissionais não especialistas na área de CTBMF. A crescente invasão da especialidade por não especialistas tem promovido cada vez mais casos de complicações e resultados insatisfatórios.

Além disso, o CBCTBMF orienta que os pacientes, antes de realizar qualquer procedimento estético-funcional em face, devam procurar por referências dos profissionais para saber se os mesmos possuem especialidade cirúrgica devidamente registrada em seus órgãos de classe e com reconhecida experiência para realização desses procedimentos. Para isso, o CBCTBMF disponibiliza em suas plataformas digitais por meio do site oficial e de suas redes sociais uma lista dos seus membros que apresentam especialidade cirúrgica reconhecida pelo Conselho Federal de Odontologia.

O CBCTBMF alerta a população em geral que não basta apenas que profissional seja graduado em Odontologia para realizar procedimentos cirúrgicos estético-funcionais da face. Para isso é necessário também que ele tenha uma formação específica e uma extensa experiência na especialidade de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais.



Últimas notícias


Ver todas as notícias

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.