Atenção

Fechar

Área restrita

Esqueci minha senha

PROFISSIONAIS

INSTITUTO ÉTICA SAÚDE

26/06/2018 CAP.08

Instituto Ética Saúde completa três anos, com dois novos integrantes no Conselho Consultivo

A 7ª Reunião do Conselho Consultivo do Instituto Ética Saúde, realizada na última quarta-feira (13/06), na sede da Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos – ABIMO, marcou os três anos de atuação do IES na busca por um mercado mais transparente e justo na cadeia da saúde.

Na abertura da reunião, o superintendente da ABIMO, Paulo Fraccaro, deu boas vindas a todos ressaltando a importância do trabalho iniciado pelo IES e a necessidade de estendê-lo à formação da cidadania. “Além de implantar compliance nas empresas, os empresários precisam contribuir para o envolvimento do empregado-cidadão e de sua família na causa ética. É necessário que as pessoas sejam éticas no dia a dia”, defendeu.

Na sequência, foram apresentados os dois novos integrantes do Conselho Consultivo do IES: o Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial (CBCTBMF) e a Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (ABRAMED). “Nós estamos conseguindo expandir o escopo das especialidades médicas e demais segmentos da saúde, sentados à mesma mesa, dialogando sobre condutas éticas. O próximo passo é trazer os Planos de Saúde e a indústria farmacêutica”, afirmou o diretor executivo do IES, Carlos Eduardo Gouvêa.

Os acordos de cooperação também avançam. No final de maio, Gouvêa foi recebido, na Câmara dos Deputados, pelo deputado e presidente da Subcomissão Especial de Prevenção e Combate à Corrupção, Roberto de Lucena (Podemos/SP). “Durante a conversa, foi discutida a possibilidade de um Acordo de Cooperação, credenciando o Instituto para participação em audiências públicas e assim influenciar projetos de interesse do setor de saúde e alinhados com nossos objetivos”, explicou o diretor executivo.

Foi destacado que o Ética Saúde é considerado a maior iniciativa mundial de autorregulação dentre todos os setores do mercado, conforme experiência recente, na Conferência Global de Compliance em Dispositivos Médicos, que aconteceu em Paris, no fim de maio. “Apresentamos o trabalho do IES e, no próximo mês, estaremos em um evento similar no Japão. Nosso modelo, com base na autorregulação, está inspirando projetos semelhantes, na América Latina e Asia, no contexto da APEC – Cooperação Econômica Ásia-Pacífico”, completou Gouvêa.

Também foram pauta da reunião o Grupo de Trabalho – Hospitais, que visa a elaboração de um mapa de risco próprio da atividade hospitalar e posterior criação de Instruções Normativas (IN) de compliance deste segmento; e o QualIES, um Programa de Qualificação operado pelas cinco maiores organizações globais de auditoria e, portanto, capacitadas para a implementação e avaliação do Compliance nas associadas do IES. No cronograma do projeto do QualIES, o lançamento está previsto para o segundo semestre de 2018.

Educação

O diretor técnico do IES, Sérgio Madeira, apresentou o Programa de Sensibilização e Educação em Compliance, que pretende levar informação e educação para os associados em todo o país. Um dos projetos é em parceria com a Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo – FEHOSP, por meio de uma sólida infraestrutura tecnológica (EducaSUS) e levando conteúdo didático para os associados em todo o país, via videoconferência, com possibilidade de interação com os participantes. As apresentações, feitas a partir de São Paulo, também serão gravadas e constituirão uma grande biblioteca virtual. “No Módulo I vamos falar sobre História da Corrupção e Exercício da Cidadania; Princípios gerais de um sistema de integridade; Fornecedores, compradores e Compliance; Contabilidade e Compliance; Relacionamento com profissionais de saúde e Compliance; RH e Compliance; e Vendas e Compliance”, detalhou Madeira.

Outro eixo de sensibilização sobre Ética será no ambiente acadêmico, com contatos iniciados na UNIFESP (EPM), USP (FMUSP) e UFG (IPTSP). “Não adianta ficarmos na ponta corrigindo os problemas se não olharmos para a origem, que é a formação do profissional. O projeto prevê aulas de Ética & Cidadania logo no início dos cursos da área de saúde e, posteriormente, Ética e o Mercado de Trabalho, para os graduandos”, finalizou o presidente o IES, Gláucio Pegurin Libório.

Sobre o Ética Saúde

O Instituto Ética Saúde busca garantir a segurança do paciente e a sustentabilidade do sistema de saúde por meio de uma conduta ética entre os atores em um ambiente de concorrência justa e transparente. Os objetivos consentidos do Instituto Ética Saúde incluem evitar incentivos ilegais ou antiéticos para agentes públicos e privados, prática de atos médicos ilegais ou antiéticos, evasões fiscais, irregularidades regulatórias, concorrência desleal, violação de direitos do consumidor e falsificação.
Este arcabouço é fiscalizado por meio de denúncias anônimas ou identificadas, com apuração justa e realização de um cadastro público positivo, para revelar à sociedade quais empresas atuam efetivamente de forma ética. O Canal de Denúncias é o www.eticasaude.org.br ou o 0800-741-0015.

Conheça mais do IES e todos os integrantes do Conselho Consultivo em www.eticasaude.org.br.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro de todos os detalhes.

FACEBOOK e INSTAGRAM.



Últimas notícias


Ver todas as notícias